segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Só pra constar


Não ter controle sobre as coisas, as vezes - quase sempre - me deixa profundamente irritada. Questão do controle é algo muito subjetivo, nem sempre você está por cima de tudo e no controle. Mas também não é sempre que você é pau mandando. Enfim, só queria saber por que ficamos totalmente idiotas com um ligação de alguém? Por que não controlamos e nos mantemos sob controle? Situação estranha de euforia. Por fim, semana começa e não terei muito tempo pra postar, mas vamos ver .. Vai que outra ligação me deixa mais eufórica? HAHA #Bichamá

domingo, 29 de agosto de 2010

Aceite a verdade


Os opostos se distraem e os dispostos se atraem

Pense nisso!


A questão é que mais da metade do país não consegue terminar o ensino fundamental e essas pessoas são discriminadas porque não falam o português coloquial corretamente. Pois é o seguinte, não interessa se você é letrado ou não o que importa é se você vive aquilo o que fala.

Citação em um show do O Teatro Mágico feita por Fernando Anitelli.

Tiro ao Álvaro



De tanto levar frechada do teu olhar
Meu peito até parece sabe o quê?
Táubua de tiro ao álvaro
Não tem mais onde furar
Táuba de tiro ao álvaro
Não tem mais onde furar
 -
Teu olhar mata mais do que bala de carabina
Que veneno e estriquinina
que peixeira de baiano
Teu olhar mata mais que atropelamento de automóver
Mata mais que bala de revórver
 
Adoniran Barbosa

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Resultado



Nós estamos todos bêbados
Bêbados de cair
E todos que não estiverem bêbados
Dêem o fora daqui

 Matanza - Nós estamos bêbados

Porque a minha vida é minha a sua que se foda!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Sabedorias do Twitter


# Momento Sabedoria Twitter

Dinheiro não compra felicidade, mas compra cerveja... 
o que é praticamente a mesma coisa.

Inesperado


Ressurgi,
de onde eu não imaginei
e aprendi que nunca sei
enganar meu coração.

Ana Carolina - Dentro

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Agradecer é pouco




Simplesmente foi muito bom estar com vocês, brincar com vocês, deixar correr solto o que a gente quiser
Obrigada à quem foi ao meu aniversário e a quem me desejou parabéns e a quem me deu grandes abraços e beijos maiores ainda. Obrigada por me deixar sem graça e me rodar na frente do seu ambiente de trabalho.  Obrigada a quem 'me liga' e canta Parabéns pra você .. Obrigada também a quem me deu feliz aniversário 526.256 perdendo apenas pra quem me deu 526.295, diferença de 39 "Parabéns". Poxa, fica pro próximo ano, tá? Mas não desista. rs Obrigada a quem me deu feliz aniversário aos 45 do segundo tempo e a quem me deu nos acréscimos da partida. Obrigada aos que twittaram parabéns pra mim *-* e aos que reclamaram que sou vascaína - esses eu acho, quase certeza .. que me amam - , obrigada pela cia na volta complicada de domingo e aos que me chamaram pra jantar e aos que postaram em seus blogs e obrigada aos 1.254 "tô puta" ditos, obrigada aos que me deram pequenas palavras e um simples "Parabéns.", obrigada pela noite na sorveteria, obrigada aos que me ligaram durante o dia e me deixaram sem bateria as 3 da tarde e aos que me mandaram mensagens. Obrigada aos que me ligaram de outro estado e aos que me ligaram, sendo vizinhos. rs Obrigada a quem almoçou comigo e as 169 pizzas e obrigada  ao bolo. E obrigada as que ficaram horas conversando e comendo cebola roxa, no Mc Donald comigo. Obrigada as que me chamaram de gorda e aos que disseram que estavam com saudade e por fim, obrigada a Papai do Céu que me deu mais um ano de vida, amém.

À todos: Regue seu jardim e deixe que as borboletas venham até você, sem esforço. Paz e amor, sempre! =)

Remar e Re-amar



Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa (...) Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena. Remar. Re-amar.Mas você tem que me prometer que vai tentar, que vai se esforçar, que vai remar enquanto for preciso, enquanto tiver forças! Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou (…)

Escrito por:
Caio Fernando Abreu

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

E depois?




Muitas coisas aconteceram desde o último post. O mundo girou, as horas passaram, o tempo parou. As pessoas trabalharam, estudaram, cantaram, sorriram, choraram, dançaram, se perderam e se encontraram logo depois e se perderam de novo. O sol se pôs, a lua apareceu e o tempo parou. Parou de novo e de novo. Pra mim o tempo parou e por mim o mundo não volta mais a girar. O silêncio se fez presente depois de muitas risadas. E depois? E depois? E depois? Ah .. o depois! 

Ouvindo:
Ana Carolina e Chiara - Resta

sábado, 21 de agosto de 2010

Eu sei que vou te amar (?)



Então, resolvi postar hoje porque ontem meus livros chegaram e eu dei muitos pulinhos (risos), eu sei, eu sou completamente retardada. Mas não precisa concordar não. Por favor. 
Mas por motivos de força maior - sono - não abri nem os plásticos que eles ficam embrulhados, mas acordei na pilha de abrir e então .. Abri o primeiro e o segundo e o restante. Com aquela alegria de uma criança que acaba de ganhar o brinquedo, esperado por tanto tempo. Resolvi folhear todos eles, mas em cerca de alguns segundos me peguei lendo "Eu sei que vou te amar" do irreverente comentarista Arnaldo Jabor. E percebi mais do que antes, que só tinha lido uma pequena sinopse da história, de que a mesma é a minha história. Exatamente o que você leu, minha história de amor, com um alguém não tão importante assim, pra se dizer o nome. Comecei a ler o livro compulsivamente pra vê se eu achava mais semelhanças com o livro e só via mais e mais. Coloquei então uma música pra tocar, peguei a primeira música da lista que eu tinha baixado, há alguns dias .. então começa a tocar "Something always brings me back to you. It never takes too long.." da Sara Bareille e isso me remete a uma única coisa, a seu aniversário que foi ontem. E a gente não se falou e não se viu nem nada. E nada. Mas porque isso tudo aconteceu? Porque eu comecei a ler justamente esse livro, essa história, com essa música e justamente um dia após o seu aniversário? Não tenho respostas, nenhuma palavra me vem a cabeça a não ser palavras pra dizer que não sei, porque isso aconteceu. Talvez fosse pra eu lembra, talvez. E  é esse talvez que me dá a incerteza de que as coisas não são como eu penso ou como eu quero pensar. Ta tudo muito bagunçado na minha cabeça agora, quero sair, sair e só. Tô indo. Até.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Há que ponto um sentimento é valido?



Eu tenho passado por diversas situações dentre elas, boas e ruins. É a vida né, nem tudo pode ser muito bom, nem tudo pode ser sempre ruim. E nessas idas e vindas de fases na minha vida, conhecendo muitas pessoas, experimentando novos gostos, novos sons, novos rumos, novos amores. Sim, amores. Eu não sou feita só de rancor e de tristezas como sempre parece (risos). Sou um ser humano, de carne e osso, mais carne do que osso, mas sou né e vivo de sentimentos avassaladores, mas me fiz essa pergunta - Há que ponto um sentimento é válido?
Essa é uma boa pergunta que a princípio eu não tenho resposta, mas que escrevendo espero encontra-lá. Existem sentimentos que nos consomem e nos deixam mais fodidos do que  cú de puta, desculpe pela expressão um tanto vulgar, mas só encontrei essa pra expressar tamanha dor que o mesmo causa. Talvez nos entregamos demais a esse sentimento, não sei se o erro é alguma deficiência que tentamos consertar em cima de outra pessoa ou se é algo que vai além de nossa van filosofia.  Não sei nem, o que eu to dizendo direito mais. Mas tô tentando dizer. Acho que nada que nos traga dor é válido, mas toda toda felicidade é válida apesar de que  nem sempre é fácil assim, se tornar feliz. Alguém me disse uma vez (você sabe, que é você) que a felicidade não existe, de que é algo impossível de se conseguir, talvez essa visão seja bem radical ou destrutiva (risos), mas ainda sim, é um opinião válida, pra mim. Tenho uma outra concepção de felicidade, acho que é algo que a gente não tem a todo momento, mas que através de conquistas e alguns doces a gente consiga isso, por alguns instantes, por algum momento. Qualquer busca por sentimentos é válida quando se tem no final da busca a felicidade. Mas reitero minhas palavras de que a busca por sentimento avassaladores e que fodem a gente não são válidas. Não são. Ficou claro? Concluindo que - ta parecendo até, aula de Telecurso 2000 -  nem todo sentimento é válido, assim como nem toda busca é incansável, então busque até se cansar, caso contrário o sentimento não será mais válido e tudo se tornará chato e sem graça, assim como esse texto ta ficando.

"Que seja eterno enquanto dure e que dure para sempre
essas são palavras chaves, quero que você se lembre."

Talvez esse sentimento aqui dentro, seja válido. 
Talvez não. 

Ouvindo: 
Roberta Campos - Felicidade

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Praticar a arte do desapego



Praticar a arte do desapego não é algo tão fácil assim. As pessoas acreditam na idéia de que tudo que se tem por um momento, se terá pro resto da vida e não percebem que o tempo passa, o mundo muda e a as coisas se vão, um dia, mas se vão. Então temos a sensação de que nosso mundo cai e desce pela privada quando nos damos conta de que não temos mais o que tinhamos. O que fazer? Se jogar dentro da privada e tentar ir atrás do que se perdeu e ficar na merda? Ou aprender que tudo que temos hoje não teremos amanhã? Acho mais cabível a segunda opção hein, mas nem sempre é essa a que seguimos, nem sempre não, quase nunca, tomamos a atitude de manter a cabeça erguida e seguir adiante. Então mergulhamos numa idéia babaca, de ficar relembrando as coisas que passaram e de como eramos felizes quando tinhamos a maldita coisa que se foi. Aí a gente caí na santa idiotice de ficar se martirizando por qualquer lembrança e então perdemos o senso que passou, passou. E o que virá dirá. Sabias palavras. Aprender que a vida é cheia de histórias, cheia de contratempos e cheia de emoções que chegam, arrebatam e como num passo de mágica se vão. Se vão mesmo, assim como chegam, elas se vão e nada podemos fazer. Praticar a arte do desapego, essa arte inútil quando estamos vivendo grandes emoções e histórias fantásticas não parece ser tão fácil, mas é preciso. É preciso saber viver. É preciso. Mas quando estamos na linda fase de viver o fantástico a gente vive, se apega e depois só toma na tarraqueta, como diz minha mãe. Mas é assim baby, é assim. O que precisa ser mudado? Só precisamos de uma coisa, manter os pés firmes no chão sem pegar os balõeszinhos mágicos e sair flutuando por aí, porque não dá, definitivamente não dá. Ou então pratique a arte do desapego com naturalidade, palavra chave essa. Sinta, chore, se descabele, queira morrer, mas só por uma noite, só por um dia e nada mais. Afinal, se desapegar de algo que é tão importante assim, não é tão fácil. Mantenha a cabeça no pescoço, os pés no chão e não se apegue demais. Nada é tão nosso que não podemos perder. Pratique a arte do desapego ou então não pratique e fique dentro da privada.


Ouvindo: 
Cássia Eller - Nada vai mudar isto

domingo, 15 de agosto de 2010

Não cometa ou se foda de vez



É engraçada a capacidade que certas pessoas tem, pra cometer o mesmo erro, a mesma idiotice duas vezes, né?! Digo isso por mim também, que sempre me pego cometendo os mesmo atos, que em circunstâncias anteriores eu disse que "Nunca mais ia cometer o mesma coisa", e no final tô eu lá, fazendo a mesma coisa ou pior.
Acho que o erro é proveniente do ser humano, mas a persistência nessa idiotice torna-se burrice. Escrevendo isso tenho a certeza que pra me tornar uma burra por completo só me resta andar de quatro. Algumas pessoas e ditos populares mostram que os erros são meios de chegarmos ao certo, mas eu não tenho essa mesma opinião não. Eu erro, erro, erro e torno a errar e continuo errando. Raramente eu tenho a probabilidade de acertar, será que só acontece isso desse jeito comigo? - pensando - Foda-se também se só acontece comigo, eu preciso sim, arrumar um jeito de não errar mais ao invés de aprender com esses constantes erros.
Em certas situações em que vivemos temos a chance de fazer o certo e o errado e porque somos tão IMBECIS e escolhemos sempre o errado? Acho que o errado se camufla em certo, fazendo com que a gente fique em dúvida e por uma dose alta de confusão, escolhemos o errado que está camuflado de certo. Só consigo achar essa justificativa, pra tal IMBECILIDADE praticada por mim, muitas e muitas vezes.
Acho que se existem pessoas como eu, que erram dessa forma, elas precisam mesmo se fuder, mas se fuder mesmo, pra vê se tomam vergonha na cara, assim como eu estou precisando. Acho que uma dose certa de vergonha na cara não faz mal a ninguém né?! E nada melhor do que se fuder pra aprender. 
Mas acho que o primeiro passo pra que a gente comece a acertar é colocar um ponto final, pelo menos já é um sinal de que tudo tem um fim. Já dizia meu amigo Paulinho, Moska. rs

O pulso ainda pulsa.
Titãs - O Pulso

sábado, 14 de agosto de 2010

Livros e pessoas atrasadas

Dentro dessa quase uma semana sem pedir nada, porque não estava postando, perdi o total interesse de pedir as coisas a olhos cegos. Perdi. Acho que a volta a rotina - faculdade - me desmotivou a escrever, acho que esse foi o único empecilho pra que eu não postasse. A maldita preguiça e cansaço pós férias.
Mas ao mesmo tempo em que as aulas me fizeram perder o ânimo pra acessar a Internet, me fez ganhar ânimo pra acabar de ler meus livros, quase lidos faltando só o final. Eu tenho esse estranho defeito, defeito de chegar ao último capítulo de um livro e desistir de ler, ao contrário do resto dos seres humanos que conheço, que quando chegam ao último capítulo consomem o livro de uma forma absurdamente estranha também. Chegam a ficar um tanto alienados à realidade, só pra terminar de ler o livro.
Enfim, estou acabando de ler os livros, logo preciso comprar outros pra dar lugar a esses, então peguei o cartão de crédito do meu pai e fiz A Festa na saraiva. Comprei váaaaaaaaaaarios livros, me dei de presente e não vejo a hora de chegar. Contando as horas e os minutos. Fico eufórica só em pensar neles - eu devo ter algum problema mental, porque sou o único ser que fica assim, quando ganha livros - acho que quando chegar, vou dar pulinhos e tudo mais. Imbecil.



Queria falar de um outro assunto também, do qual me motivou a escrever. Eu não tenho respostas pra tudo, infelizmente, mas uma coisa é certa, existem coisas que nunca acharemos respostas. Uma delas é o porque as pessoas aparecem em nossas vidas? E quando somem e reaparecem? Não tenho idéia, mas isso me instiga muito e quando elas - as pessoas - aparecem me deixam um tanto perturbada, um tanto confusa, um tanto bem! Mas acho que eu não vou ficar me estendendo sobre isso não, porque eu sei que talvez eu nunca ache respostas pra isso, mas acho que com o tempo, algumas coisas se tornem mais claras. Vivo um dia após o outro e com a felicidade de me sentir viva.



Faltam poucos dias pro meu aniversário, não gosto de aniversários.
Ouvindo: The Fray - Unsaid

domingo, 8 de agosto de 2010

Minha vida ♥


PAIZÃO

Existem muitos tipos de pais.
Pais bonitões e galães de novela,
Pais dramáticos estilo ator de novela mexicana,
Pais bobões estilo filmes estadunidenses,
E o meu pai, que reúne todos esses e 
mais alguns que não citei.
Te amo pai, te amo muito, feliz seu dia :)

sábado, 7 de agosto de 2010

Esse, eu não podia deixar de pedir ♥


Meus Barbudinhos Bonitões !
Ah gente, esse presente seria o mais perfeito de todos os presentes até hoje.
Seria mais que um presente, seria  O Presente Perfeito !
Eu sei que to sonhando alto demais, mas não custa tentar né ..
Vai que meu Pai lê isso e se empolga de me dar *-*
Pois bem, todos os seres que me conhecem e os que não me conhecem também sabem do meu amor incondicional por eles ..  Sabem que meus olhos se enchem de lágrimas cantando "Nada vai mudar entre nós, como eu sei? Eu só sei.." e que me coração pula quando toca "Deixa eu brincar de ser feliz, deixa eu pintar o meu nariz" ou como um ser como eu foi capaz de tatuar  "E até quem me vê lendo o jornal, na fila do pão, sabe que eu te encontrei" ou até mesmo pelos gritos e berros que dou quando ouço "O pierrot apaixonado chora pelo amor da colombina, e na esquina se mata a beber pra esquecer, pra esquecer", enfim eu sei que eu amopracaralhodemaisessesbarbudinhosbonitões. ♥
Ta eu sei que mais uma vez eu to me comportando como uma adolescente histérica e imbecil, mas cara eu sou quase uma Hermana, eu sei que sou. Deixa eu acreditar na minha mentira obsessiva. rs
Mas então, agora falando como uma pessoa normal e bem da cabeça. Esses meus meninos são muito bons e quem viveu e viu sabe do que eu estou falando. Um dia inesquecível na minha vida, 09/06/2007, o último show da banda e eles anunciavam seu recesso por tempo indeterminado. Me lembro que saí da Fundição em prantos e arrancando todo o cabelo e fui encher a cara de tequila. Coisa de adolescente imbecil, eu sei. Mas dane-se, eu só queria beber e morrer ali mesmo. UHAUHUAUHA - Eu era e sempre serei muito dramática, já deu pra sentir - mas como todos estão vendo eu não morri naquele dia, amém! Porque ai eu tenho a oportunidade de ir pra Bahia ver eles de novo. Que beleza! Esse post ta se estendendo demais, vocês não acham, não? Chega.  Ok, me calarei.. Mas antes, só pra terminar bem clichê.. "Eu sei, é o amor que ninguém mais vê, deixa eu ver a moça; Toma o teu, voa mais; Que o bloco da família vai atrás!"

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Me dá de presente, Biscoito?


Como resolvi fazer pedidos pro meu aniversário que ta chegando aí.. Resolvi pedir algo com um grau de dificuldade mais elevado que os presentes anteriores e também direcionar esse pedido à alguém.
Biscoito, - Eu, fazendo a cara do Gato de botas do Shrek -  me dá o Chico Buarque de presente? Mas tem que vir embrulhado pra presente. Sou completamente apaixonada por você, Chico.. é eu sei, era segredo mas poxa eu precisava falar e gritar pra todos os cantos. As pessoas precisam ouvir  e saber que tenho grande admiração e respeito pelo Grande Gênio da Música Popular Censurada Brasileira e não é pra menos, Chico, história e  música deveriam fazer parte do currículo escolar infantil. Chico é Grande, é Genial, é Perfeito em verso e prosa e só pra ser mais humilde, é completamente lindo e charmoso. Marieta Severo que me desculpe mas você foi burra ou não.. Em terminar seu casamento com ele. Será que ele tem defeito? Hm, melhor deixa essa parte dó pra ela, afinal mesmo se eu souber vou continuar amando e idolatrando suas músicas e sua história e sua figura. Reiterando meu pedido: 
Meu Biscoito, dá ele pra mim poxa ..


Não se afobe, não
Que nada é pra já
O amor não tem pressa
Ele pode esperar em silêncio
Num fundo de armário
Na posta-restante
Milênios, milênios
No ar

Futuros Amantes - Chico Buarque

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Quero mais ainda esse aqui



Então gente, como eu disse no post anterior que meu aniversário ta chegando -é, to ficando cada vez mais caduca- to afim, de só pedir coisas nesse mês, nos posts.  Isso é claro, até onde forem meus pedidos né, acho que não tenho muitos pedidos assim, mas .. vamos lá à um que eu quero muito muito muito.
Esse meu baby lindo, meu dedemm *----------* hauhauah . Ta bom, gente.. Vou me comportar como minha idade exige. Essa bela moça com seus com seus  23 poucos anos, caiu no gosto popular e hoje se tornou uma grande personalidade na música popular brasileira e é claro caiu no meu gosto também, antes de cair no de qualquer popular por aí .. mas isso não vem ao caso. O caso é, ela é uma thuquithuqui e eu morro por ela, eu admitiria minha homossexualidade total por ela. UHAUHUAUA FATO!
Mas como ela não sabe da minha existência, continuo na minha babando ovo sim, mas não sou Gaduzete hein ¬¬ (não gosto de rótulos)
Acho seu carisma e seu jeito doce são coisas fantásticas e me encantam sempre, mais e mais. Como diria Lulu Santos "Eu vejo um novo começo de era, de gente fina elegante e sincera, com habilidade pra dizer mais sim do que não". Espero que ela nunca mude, que sua raiz de Maíra - seu nome verdadeiro -  nunca suma no meio dessa ascensão de sucesso.
Ah gente, mas poxa vida (PC siqueira) esse presente é bem mais facinho que o anterior, concordem comigo, fufavô.. Meu pedido é simplesmente Meu Amorzinho Maria, cantando "Ne me quitte pas" pra eu dormir.. Até parece né, que eu vou conseguir dormir com ela na minha cama cantando - Ne me quitte pas Je t'inventerai , des mots insensés que tu comprendras - sinceramente, se ela só estiver ao meu lado eu já vou tá quase enfartando mesmo, agora se estiver cantando e pra mim .. é ÓBITO NA CERTA! Eu não ligo de morrer não gente, morrer não dói como diria o Poeta. Enfim, esse presente é bem fácil galere, esperem ela voltar da Itália e me dêem ela de presente, tá? =) ( Me sentindo uma nifeta com uns 13 anos e seus hormônios gritando, puta que pariu.. que decadência!)

-

Sinistro parece que a gente se deu ao desfrute de nada
Tua tanga na manga do mágico falso
Tuas mãos na cartola teu corpo no palco 
Traga pra cá tudo
Deixa o seu ser mudo me fazer falar

Maria (amordamanu) Gadu - Escudos

Quero esse de presente


Bem gente, meu aniversário ta chegando e eu fiquei pensando no que eu quero de presente. Resolvi escolher algo bem fácil, quero o John Mayer - esse mesmo, da foto -  cantando "Your Body Is A Wonderland" na manhã do meu aniversário. Ah gente, isso é bem fácil. Convenhamos que eu poderia estar matando, estar roubando, mas estou aqui fazendo esse pedido superfácilmesmo de se conseguir. rs
Brincadeiras à parte, quando ouvi esse fdp pela primeira vez, me apaixonei completamente sem nem nunca ter visto os córnios dele, na minha vida. E quando vi então, ai sim tive a certeza que era o homem da minha vida. HAHAHA Brinks geeente =)
Gosto demais desse bom rapaz e bota bom nisso né! Quem me conhece sabe, que estou brincando em várias coisas aqui, mas todos precisam concordar comigo .. Ele é muito bonito e canta muito bem, certo meninas? Então, vamos falar a verdade e deixar  a hipocrisia de lado. Fica o recado pra elas, minhas amigas bichas. Beijosnãomeliguem.

 You want love?
We'll make it
Swimming a deep sea
Of blankets
Take all your big plans
And break 'em
This is bound to be a while
   Your body Is a wonderland
-
Você quer amor?
Nós o faremos 
Nadando num mar profundo 
De cobertores 
Pegue todos os seus grandes planos 
E quebre-os 
Nós vamos demorar
Seu corpo é o país das maravilhas

Your body Is a wonderland - John Mayer

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Amor maior




O sentimento não pode parar e jamais vai parar se depender de mim

Ela passou e ficou


A saudade passou e resolveu ficar, 
pra adoçar meu chá com um pouco de nostalgia.


Recomendação
Beirut - Elephant gun

Não pense ou então pense muito


Quem muito pensa, torna-se um pensante. E deixa de viver!

domingo, 1 de agosto de 2010

Aceite ou não


O maior erro das pessoas talvez seja ver apenas o exterior, deixando passar desapercebido o mais bonito.
O coração. Feche os olhos e sinta, seja, ame!